Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sexta-feira, 31 de março de 2017

HÁBITOS PARA TER UMA VIDA MELHOR

20 hábitos diários para ter uma vida melhor

Se praticar estes hábitos diariamente vai conseguir mudar a sua vida para melhor.

1.Faça exercício ao acordar

 Alguns minutos de exercícios musculares logo de manhã, pouco depois de acordar, ajudam a despertar o corpo e impedem a acumulação de gordura corporal durante o resto do dia. Se não tiver tempo de ir ao ginásio, tente fazer 20 a 30 minutos de flexões, abdominais, agachamentos e outros exercícios.

2. Faça uma lista

 A melhor coisa para relaxar é não pensar no que tem a fazer no dia seguinte e, com a lista, poderá descansar sabendo que será mais produtivo(a) com tudo organizado.

3. Mande mensagens

De cada vez que se ligar ao Facebook, envie uma mensagem a alguém com quem não tenha falado há algum tempo. Este hábito fará com que manter o contacto com velhos amigos que não quer perder se torne automático.

4. Faça primeiro o que gosta menos

Quando chegar ao trabalho, dedique-se primeiro às tarefas de que gosta menos, dessa forma liberta-se do problema para o resto do dia e sentir-se-á mais motivado(a).

5. Apanhe sol diariamente

 Logo de manhã, se possível, vá lá para fora e apanhe sol. O movimento, a luz e o ar fresco vão ajudar a acordá-lo, relaxá-lo e ajustar o ritmo circadiano de forma a manter-se alerta durante o dia e dormir melhor durante a noite.

6. Deixe passar a fúria on-line

Se vai estar a perder a cabeça de cada vez que alguém lhe disser algo que irrita nas redes sociais ou na i
Internet, então não vai viver muito tempo. Deixe passar, não responda, vá dar uma volta, fazer outras coisas e verá como, em pouco tempo, nada do que o enfureceu tem importância. Pelo menos, quando e se responder, o assunto não o afectará tanto.

7. Veja-se ao espelho

Quando se sentir incomodado pela maneira de ser ou por um hábito de outra pessoa, veja-se ao espelho e pense se não terá também a mesma maneira de ser ou hábito. Focar-se nas falhas de terceiros é um mau hábito em si mesmo, mas pode ser uma excelente ferramenta de auto-melhoria se o utilizar como forma de introspecção. Aprenda a questionar-se: "Será que também sou assim?".

8. Ultrapasse os medos

O medo pode ser tão poderoso que domina a sua vida. Aprenda a dizer-lhe "não" diminuindo-lhe influência: pergunte-se qual é a pior coisa que pode acontecer, objectivamente, e elabore um plano para lidar com isso quando e se acontecer. Os medos tendem a desaparecer quando são olhados de frente e confrontados com racionalidade.

9. Atitude nova para pessoas novas

Quando conhecer uma pessoa nova adote uma nova atitude: em vez de pensar "espero que goste de mim", experimente pensar "espero gostar desta pessoa". A mudança do foco, da sua necessidade ou do pensamento automático "espero que não seja um idiota", pode ajudá-lo a ver as melhores qualidades das pessoas e a manter uma expectativa positiva.

10. Vista-se como quer ser

Aquilo que vestimos não é tão importante para o que os outros pensam de nós como para a atitude que nós próprios adoptamos quando nos vestimos como quem queremos ser. Vista-se para uma entrevista telefónica como se tivesse ido pessoalmente e verá como a sua atitude é mais confiante.

11. Beba oito copos de água por dia

A maioria das pessoas vive crònicamente desidratada, prejudicando a saúde a longo prazo. Mantenha-se hidratado bebendo pelo menos oito copos de água por dia, o que equivale a um mínimo de 1,5l de água. Refrigerantes e bebidas alcoólicas não contam porque têm precisamente o efeito oposto: desidratam.

12. Coma os vegetais no início da refeição

A maioria das pessoas não ingere o mínimo de vegetais recomendados por dia e acaba por encher-se de calorias de que não precisa antes de chegar aos legumes ou à fruta. Resolva-se a comer os legumes, seja em sopa, seja em saladas, antes da refeição para garantir que fica de barriga cheia antes de ter o prato mais calórico à frente.

13. Medite dois minutos por dia

 Apenas dois minutos de meditação diariamente já são capazes de produzir alterações positivas em quem a pratica. Sentir-se-á mais calmo, mais feliz e menos centrado em si mesmo. O mais importante é fazê-lo todos os dias e não fazê-lo menos vezes durante muito tempo, porque a consistência vale mais do que a intensidade.

14. Faça pausas ao longo do dia

Sabia que pode aumentar a sua produtividade e capacidade de concentração se fizer mais pausas durante o trabalho? Experimente trabalhar 20-30 minutos, depois faz uma pausa de 5-10 minutos, repete algumas vezes e, finalmente, faz uma pausa de 30 minutos. Verá que perde menos tempo a fazer as coisas quando regressa ao trabalho e mantém-se completamente focado.

15. Seleccione os amigos nas redes sociais

Não deixe que as redes sociais o deprimam ou irritem. Use as listas do Facebook para organizar os amigos de forma a evitar os que são negativos e a manter por perto os que admira ou que o fazem sentir melhor. Se for caso disso, deixe de seguir quem incomoda (não deixam de ser amigos e ele(a) não vai saber) e sinta-se melhor.

16. Partilhe os créditos sempre que puder

Ninguém faz nada sozinho e quando se trabalha com outras pessoas a melhor atitude é partilhar os créditos. Fazê-lo não irá diminuir a sua importância, na maioria dos casos, mas fará com que essa atitude seja sempre lembrada pelos outros.

17. Ouça toda a gente

Quando qualquer grupo em que esteja envolvido tiver de tomar decisões, garanta que ouve a opinião de toda a gente - e não apenas a dos que fizeram questão de serem ouvidos. Algumas pessoas não dão opinião até ser-lhes pedida. Seja a pessoa que garante que essas pessoas são ouvidas.

18. Procure boas notícias

Se deixássemos, com base nas notícias, este seria um Mundo apocalíptico em que a Humanidade se degrada cada vez mais. Mas há boas notícias, procure-as! A verdade é que o Mundo é hoje um lugar melhor do que há 10 anos, com menos doenças, crime, violência, guerras e desgraças. Procure as notícias positivas para equilibrar as más que têm mais tempo de antena.

19. Procure pela melhor qualidade das pessoas

Em todas as pessoas com que se cruza diariamente, procure pelas melhores qualidades que possam ter, em vez de procurar motivos para detestá-la. Se procurar por motivos para gostar das pessoas, vai acabar por encontrá-los.

20. Adopte uma postura positiva

A linguagem corporal é poderosa para moldar a nossa mente e o mundo à nossa volta. Adopte uma postura positiva e confiante para se sentir optimista e cheio de confiança. Encoste-se para se sentir relaxado. Sorria e sinta-se mais feliz. Se controlar o seu corpo, pode controlar a sua mente.

quinta-feira, 30 de março de 2017

LIMÃO CONGELADO, BENÉFICO PARA A SAÚDE



Limão congelado... Não custa nada experimentar!

Uma amiga minha da Universidade de Kirche tem um tumor no pulmão e na anca. A irmã dela, que é enfermeira, enviou-lhe um e-mail sobre o limão. Ela passou a beber limonada já desde há algum tempo, e os seus tumores ficaram mais pequenos. O seu oncologista disse-lhe para continuar.

Penso que esta espantosa descoberta é muito proveitosa para a nossa saúde.

Tudo o que nós precisamos, é... de um LIMÃO CONGELADO.

Muitos profissionais da restauração, já utilizam o limão inteiro, nada é deitado fora.

Como podemos usar o limão inteiro sem nada desperdiçar?

Simples... coloque um limão bem lavado no congelador do frigorífico.

Quando este estiver congelado, utilize o ralador de cozinha e rale o limão inteiro (sem necessidade de o descascar), e polvilhe os seus alimentos com este preparado.

Polvilhe as suas bebidas, gelados, sopas, cereais, massas, molhos, arroz, sushi, peixe, whisky... a lista é interminável.

Todos os alimentos terão inesperadamente um sabor maravilhoso, algo que talvez não tenha conhecido antes. Provavelmente, até agora, você achava que só o sumo do limão tinha Vitamina C.

O limão completo introduz um novo sabor na comida. As cascas do limão que até agora eram deitadas fora, contêm cinco a dez vezes mais vitaminas do que o sumo.

Mas, a partir de agora, ao polvilhar o limão congelado (ralado) em cima dos seus alimentos, pode obter ainda mais saúde. As cascas do limão são saudáveis na medida em que destroem os elementos tóxicos do corpo. Congele um limão bem lavado e rale-o todos os dias por cima das suas refeições e bebidas.

Esta é a chave mágica para tornar os seus alimentos mais saborosos e você será mais saudável e viverá mais tempo.

Este é o segredo do limão que agora acaba de ser revelado.

É melhor conhecê-lo tarde do que nunca.

Os benefícios surpreendentes do limão:

O limão (citrus) é um fruto milagroso para matar as células cancerígenas.

É 10 000 vezes mais forte do que a quimioterapia.

Porque é que não sabíamos nada disto?

Porque existem laboratórios interessados em fazer uma versão sintética, que lhes dará enormes lucros. Você pode ajudar um amigo ao informá-lo que o sumo de limão é vantajoso no tratamento do cancro. O seu sabor é agradável e não provoca os efeitos secundários da quimioterapia.

Quantas pessoas morrem, enquanto este segredo é mantido para não pôr em perigo os interesses milionários da indústria farmacêutica?

Como sabemos, o limoeiro é conhecido pela sua variedade de limões e limas. Você pode comer as frutas de diferentes maneiras: a polpa, o sumo, preparação de bebidas, sorvetes, bolos, etc...

Apesar de um leque variado de benefícios do consumo do limão, o mais interessante é o efeito que produz sobre os quistos e tumores.

O limão é uma solução comprovada para todas as variantes do cancro.

Ele é considerado também um espectro anti-microbiano contra infecções bacterianas e fungos. É eficaz contra parasitas internos e vermes, regula a pressão sanguínea quando é muito alta, é um anti-depressivo e combate o stress e os distúrbios nervosos.

Uma informação de um dos maiores fabricantes de medicamentos do mundo, diz que após mais de 20 testes desde 1970, os resultados revelaram que destrói as células malignas de 12 tipos de cancro, incluindo o do cólon, da mama, da próstata, pulmão e pâncreas...

Os constituintes deste fruto são 10.000 vezes melhores do que o produto Adriamycin, um medicamento utilizado no mundo inteiro como químio-terapêutico para reduzir a velocidade do crescimento das células cancerígenas.

E o mais surpreendente é: este tipo de terapia com o extracto do limão, apenas destrói células cancerígenas malignas e não afecta as células saudáveis.

Então, lave um limão, congele-o e rale a totalidade da fruta sobre os seus alimentos, gelados e bebidas.

O seu corpo agradecerá…

sábado, 11 de março de 2017

ALIMENTAÇÃO VEGETARIANA TORNA PORTUGAL EXEMPLAR




Lei portuguesa é notícia lá fora. Portugal visto como um exemplo 
 Transcrição de notícia de GORETI PERA

Em causa está a aprovação de uma proposta que dita a introdução de menus vegetarianos nas cantinas públicas.

“É ilegal não disponibilizar pratos vegetarianos nas prisões, escolas e hospitais em Portugal”. É este o título de uma notícia difundida esta sexta-feira pelo jornal britânico Metro e que chegou ao top das mais lidas.

A aprovação no Parlamento da proposta do PAN, que determina que se introduzam opções vegetarianas nas cantinas públicas, causou surpresa no Reino Unido.

Na notícia criada a propósito da nova lei portuguesa, o Metro UK dá conta de que derivou de uma petição da Sociedade Vegetariana Portuguesa – ‘Petição pela inclusão de opções vegetarianas nas escolas, universidades e hospitais portugueses’ – que recolheu mais de 15 mil assinaturas.

O jornal recolheu inclusivamente a reação do porta-voz da Sociedade Vegetariana Portuguesa, que se congratulou com a decisão dos partidos. Recorde-se que a proposta do PAN recebeu os votos favoráveis do PS, Bloco de Esquerda CDU e a abstenção do PSD e CDS.

“Sentimos que este é um grande avanço em Portugal, porque é a primeira vez que temos uma lei que menciona especificamente o vegetarianismo. Vai promover a diversidade de hábitos alimentares e incentivar mais pessoas a escolher a opção vegetariana”, afirmou Nuno Alvim.

Uma petição semelhante no Reino Unido angariou, desde outubro, 16.560 assinaturas, mas precisa de 100 mil para ser debatida no Parlamento. Acredita-se que o exemplo de Portugal possa ser um incentivo para que uma lei semelhante possa ser criada no Reino Unido.

SEMENTES DE MAMÃO SÃO BENÉFICAS PARA A SAÚDE



Ouça o vídeo com atenção e tome nota da forma de preparar.

sexta-feira, 10 de março de 2017

O regime Paleolítico: regressemos à idade da pedra!


 Menos doenças, mais energia, menos barriga.
 Estas são as promessas do regime paleolítico, 
que advoga um retorno à alimentação dos
 nossos antepassados caçadores-recoletores.

O nosso código genético moldado, por milhões de anos de existência, determina as nossas necessidades nutricionais.

 Hoje assiste-se a uma inadaptação cada vez mais flagrante entre o meio ambiente e o nosso património genético.

É surpreendente constatar que o nosso genoma é quase idêntico ao do caçador-recoletor do período Paleolítico. O nosso património genético está perfeitamente adaptado ao meio ambiente e ao modo de vida dos nossos antepassados: alimentação composta em dois terços por produtos de origem vegetal e em um terço por produtos de animais selvagens – peixe e caça, com actividade física regular e intensa.

 Conclusão: a nossa herança genética hoje está completamente inadaptada ao estilo de vida moderno: alimentos hiper refinados, hipercalóricos e inatividade física generalizada.

 Os cereais só apareceram com o advento da Agricultura, e o período Neolítico, há cerca de 10.000 anos, enquanto a agricultura animal apareceu pela primeira vez há 7.000. O que quer dizer que até muito recentemente não havia nem cereais nem produtos lácteos, nem açúcar nem óleos vegetais. Ora o que a evidência cada vez mais sugere é que o divórcio entre a nossa dieta moderna e estilo de vida, e os nossos ainda muito paleolíticos genes, é responsável pela maioria das chamadas doenças da civilização que cada mais nos atingem: obesidade/sindroma metabólico, diabetes tipo 2, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, hipercolesterolémia, doenças auto-imunes, osteoporose, doenças degenerativas e cancro.

 Antes, na altura em que o homem praticava a alimentação e o modo de vida paleolítico, não se conheciam praticamente estas doenças. 

Sabendo-se que a mortalidade infantil era alta devido à falta de condições de assistência ao parto, a taxa de mortalidade do homem Paléo era fraca até aos 40 anos. Fora da mortalidade infantil, morria-se em média aos 72 anos. o que é notável se levarmos em linha de conta que os antibióticos não existiam – o Fleming só apareceu em 1928…- e ao mais pequeno arranhão contraía-se uma infecção que podia depois resultar em septicémia e morte. 

 Assim, em 70% dos casos as mortes aconteciam como resultado duma infecção ou duma doença intestinal, em 20% dos casos na sequência de atos violentos ou acidentes, e só em 9% dos casos a morte resultava de doenças degenerativas (Gurven, M. and Kaplan, H. (2007), Longevity Among Hunter-Gatherers: A Cross-Cultural Examination. Population and Development review, 33: 321-365). 

Comer “Páleo” em 2015, significa adoptar uma alimentação simples à base de produtos naturais não transformados: carne (se possível oriunda da agricultura biológica, alimentada portanto de erva, sem antibióticos ou anabolizantes e privilegiar a de caça), peixe (se possível selvagem), ovos, frutas (evitar os sumos e as tropicais - banana, papaia, manga e ananás), vegetais, legumes (em número reduzido), nozes e amêndoas, batata doce, castanhas e inhame entre outros, deixando completamente de lado cereais, produtos lácteos e açúcar. 

O Prof. Doutor Manuel Pinto Coelho, 66 anos, médico, licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, consagra a segunda parte da sua Vida a ajudar as pessoas a envelhecer de forma saudável, de maneira a conseguirem chegar “novas a velhas”, como diz. Doutorado em Ciências da Educação pela UTAD, Diplomado em Medicina anti-envelhecimento pela Universidade Autónoma de Barcelona e representante na Europa da Inflamaging Physician Network, está empenhado não só a tratar doenças, mas, antes de tudo, a preveni-las, ajudando as pessoas a atingir níveis superiores de bem estar, retardando e mesmo invertendo o processo de envelhecimento.


fonte : https://www.doutorpintocoelho.pt/noticia.php?id_not=27